Tipos de investimentos para iniciantes

Muita gente ainda tem dúvida quando se ouve falar sobre tipos de investimentos investimentos. Muitas das vezes é sobre a quantia, a confusão entre investimento e rentabilidade, entender seu perfil de risco de investidor. E as respostas sobre essas dúvidas podem ser solucionadas com uma escolha adequada de um investimento. Por isso, você que está querendo saber onde aplicar o seu dinheiro, é importante entender que tipo de liquidez deseja, a volatilidade e adequá-lo ao tipo de renda que você possui.

Tipos de investimento

Para os iniciantes, existem alguns investimentos que podem equilibrar o retorno recebido com o risco que se pode ter ao ganhar mais. Então entenda: quanto maior o retorno, maior o risco corrido.

CDB

O primeiro tipo de investimento adequado para quem está começando é o CDB, o Certificado de Depósito Bancário. Ele é bem fácil e prático, podendo ser feito em qualquer banco comercial. O CDB oferece a oportunidade de você emprestar dinheiro do banco parceiro e receber uma notificação por conta dessa transação. Dessa forma, o banco não pode se esquivar de pagar o capital emprestado, mesmo com juros.

A renda é fixa, com um fundo de garantia de crédito até R$ 250.000,00 por cada CPF caso o banco venha a falência. Mesmo tendo esse valor determinado, é bom lembrar que a rentabilidade varia de banco para banco, mesmo sendo pós fixada ou prefixada.

RDB

O RDB é o Recibo do Depósito Bancário, outro tipo de investimento fácil para quem está começando. É bem parecido com o CDB, tendo um detalhe diferente: ele não é transferível e nem negociável. Então vá decidido do banco que queira fazer o acordo de investimento. Agora, existem algumas similaridades com o CDB, como a cobrança do imposto de renda e as variações de rentabilidade de banco para banco.

Títulos Públicos

Se você não deseja ter parceria com algum banco comercial, então aposte nos títulos públicos. Mesmo sendo tributados pelo imposto de renda, eles ainda garantem uma alta rentabilidade (mas lembre-se: quanto maior o retorno, maior o risco). Podem variar de forma pós fixada e prefixada, com modalidade para investimentos a longo prazo e também com mais flexibilidade para cada tipo de investidor, mesmo que seja a sua primeira vez investindo.

Se desejar alterar o prazo do investimento, é bom ficar atento a variação de preço. Se o título for mantido até a data de vencimento, o investidor não vai sofrer com preços diferentes. Se for negociado antes, esse valor já pode sofrer com algumas taxas de juros e outras cobranças, fora a atenção em ser valorizado ou não pelo mercado. No entanto, ele é um tipo de investimento seguro, mas que requer atenção ainda mais concentrada do que num banco comum.

LCI

Esse é o Letras de Crédito Imobiliário, no qual o investidor não tem cobrança de imposto de renda, possui uma renda fixa e promove garantia de operações imobiliárias ao investidor. Em comparação ao CDB, os seus capitais são maiores, mas se seu capital for menor, é possível encontrar bancos como o Banco do Brasil que atendem investimentos com capital mínimo.